Afeto, confiança, troca e autonomia

“Tudo que te dou passou pelo meu coração”

 

Esta é uma das citações de Maria Montessori que mostra bem a fundamentação do fazer pedagógico nas escolas que escolhem o Sistema Montessori como ferramenta de trabalho

Não fossem as comprovações de Daniel Goleman na década de 90, sobre a Inteligência Emocional  ou as abordagens que vem desde as teorias de Darwin, sobre a evolução das espécies, ratificando as estratégias  e as condutas montessorianas.

Então, para o Sistema Montessori  são fundamentais as oportunidade que  privilegiam valores éticos que resultam em relações de afeto, confiança e troca, fortalecendo o desenvolvimento da criança, que desponta através da sua segurança  e alegria no ambiente.

Também nas relações com as famílias este são pontos preciosos: o diálogo e a parceria são aspectos  que priorizamos, sem esquecer que como vivemos uma comunidade é o bem estar comum que rege nossas atitudes e nossas escolhas.

O Guia da Família, que você encontra em nossa pagina e pode ser obtido por download  detalha os aspectos peculiares de uma escola montessoriana. Quando nos conhecemos melhor, nos relacionamos melhor.