Horário Ampliado ou Integral

O atendimento escolar de horário integral é uma  necessidade da sociedade atual!

Com a mulher no mercado de trabalho, muitas vovós ainda na ativa e a dificuldade de manter um orçamento que inclua a babá , a escola é a melhor alternativa de local para que as crianças fiquem em segurança, durante a jornada de trabalho dos pais.

Há mais de 30 anos oferecemos um programa de prolongamento de horário, disponível para as crianças a partir de 4 meses. As famílias podem contratar o atendimento para períodos de 6 ou 12 horas de permanência, tanto para crianças da Educação Infantil como para as do Ensino Fundamental.

Neste programa, as crianças das turmas de Educação Infantil são assistidas por uma recreadora, com formação pedagógica,  atendentes de classe na proproção do numero de alunos , em cada segmento , de acordo com a legislação vigente .As crianças do Ensino Fundamental são assistidas por uma professora, uma recreadora e uma atendendr de classe dão assistência ao grupo.

O ambiente é preparado para as  horas de lazer na escola , com tempo para as brincadeiras nos nossos quintais , mas também inclui apoio a execução das tarefas de casa , para alunos do Ensino Fundamental .

Este programa funciona de fevereiro a dezembro e, em julho, as crianças que dele participam, são atendidas no “Projeto Brincando no Quintal”.

É possivel também , de forma opcional , contratar aulas de natação ou capoeira para alunos que usam o serviço de horário integral  .

“Perguntam-nos frequentemente por que nós não realizamos mais atividades extracurriculares, principalmente para as crianças de horário integral, para que tenham seus dias preenchidos… Hoje, na nossa sociedade é comum que as crianças se vejam assoberbadas de compromissos. O excesso de estímulos acaba contribuindo para que cheguem ao stress em tão tenra idade. Minha resposta é sempre a mesma: As crianças necessitam de tempo e espaço para pensar, experimentar, brincar e refletir. Não é o excesso de estímulos que fará com que desenvolvam melhor o seu potencial… Se não tiverem tempo de brincar agora, quando o terão?”
Márcia Righetti, diretora geral da Aldeia Montessori