Educação Cósmica , um diferencial do Sistema Montessori.

Uma vez que foi necessário dar tanto à criança, de   ixe-nos dar-lhe uma visão de todo o Universo. O Universo é uma realidade imponente e uma resposta a todas as perguntas… Todas as coisas fazem parte do Universo e estão conectadas umas com as outras para formar uma unidade inteira. A ideia ajuda a mente da criança a se tornar focada, a parar de andar em uma busca sem rumo ao conhecimento. Ela está satisfeita por ter encontrado o centro universal de si mesma com todas as coisas.”

Maria Montessori

“Para educar o potencial humano”

 

 

Essa é a ideia básica da Educação Cósmica, sob o enfoque de Maria Montessori.

Cósmica significa abrangente, holística e com propósitos. “Educação Cósmica” difere da Educação Tradicional, pois tem como objetivo ir muito além da aquisição de conhecimento e do desenvolvimento de uma criança ou de um adolescente.

Para Montessori, crianças que recebem uma Educação Cósmica têm uma compreensão mais clara do mundo natural e, também, delas próprias.

Ela acreditava que crianças que recebessem uma Educação Cósmica na infância estariam mais bem preparadas para entrarem na adolescência como indivíduos independentes, confiantes, responsáveis, emocionalmente inteligentes e equilibrados em realizações físicas, intelectuais e sociais.

Também estarão preparadas para tomar decisões responsáveis e agir sobre os adultos de forma responsável — a fim de reconhecer os limites: dar, pedir e receber ajuda, conforme necessário.

Para entender melhor a base para a Educação Cósmica, é necessário compreender a visão de Montessori sobre o desenvolvimento humano.

 

Ela acreditava que o mundo era um lugar altamente ordenado e proposital; que a guerra e a pobreza, a ignorância e a injustiça eram desvios desse efeito.

Acreditava também que o caminho de volta para a harmonia e a ordem ocorreria por meio das crianças.

Acreditava ainda que havia duas coisas necessárias para desenvolver a relação pacífica dos seres humanos: a consciência da interdependência e o sentimento de gratidão que vem dessa consciência.

Abordando os temas do conhecimento do mundo de uma forma holística, as crianças que recebem essas lições  e aprendem a ser gratas às gerações anteriores, compreendendo que elas podem se beneficiar de seus conhecimentos.

As crianças aprendem Ciências, História e Geografia, transitando entre todos os elementos e forças da Natureza, as plantas, os animais (existentes e extintos), as rochas, os oceanos, as florestas — mesmo as moléculas e as partículas atômicas.

A história do mundo e da humanidade é apresentada a partir dos 6 (seis) anos, dando a cada criança a possibilidade de ir percebendo o “trabalho” do homem em sua existência e o percurso de sua vida no planeta.

Ao invés de ensinar o currículo por áreas, abstrata e desconectadamente; as grandes lições oferecem uma visão abrangente das diversas disciplinas combinadas, da mesma forma que estão conectados os acontecimentos sobre a história da Terra e dos homens. Assim, as crianças são capazes de desenhar conexões do mesmo jeito que a narrativa se desenrola, naturalmente,  do todo à parte e vice-versa.

Acima de tudo, a Educação Cósmica apresenta o Universo e suas interconexões.

O saber transita por todas as áreas e, no estudo da história e da cultura, pretende ir além do superficial, do racial ou das diferenças culturais a fim de mostrar como todos os seres humanos são movidos pelo mesmo conjunto de necessidades fundamentais que os tornam semelhantes e que constituem a raça humana.